Este site usa cookies para garantir a melhor experiência e melhorar a navegação no site.



A carregar página ...

alternative text

Contexto e objetivo

A existência de imprensa livre, independente dos diversos poderes, designadamente político e económico, plural, economicamente sustentável, bem como pautada por critérios éticos, de rigor, isenção e verdade é condição sine qua non à democracia, ao respeito pelos direitos humanos, à boa governação e a sociedades abertas.

Num contexto histórico em que o fenómeno da desinformação adquiriu especial proeminência, torna-se ainda mais evidente a importância do papel de tal imprensa. Todavia, os desenvolvimentos de mercado e tecnológicos das últimas décadas e a crise pandémica COVID-19 colocaram-na perante um risco de sobrevivência.

A evolução aceleradíssima da designada inteligência artificial, que já permite a produção automatizada de certas peças informativas, agudiza de forma significativa tal circunstância. Ao mesmo tempo, o aumento da velocidade e da capacidade de conetividade, com a esperada 5G, e a multiplicação das plataformas contribuem para a transformação do setor das notícias.

O objetivo desta Conferência de Alto Nível é de sensibilizar para a adoção e o impacto da IA na produção, distribuição e consumo de noticias, e promover uma reflexão sobre o jornalismo do futuro na era digital, procurando identificar as oportunidades e os riscos a médio e longo prazo, e procurando antecipar os desafios para as políticas públicas, ao nível da UE e dos Estados-Membros, de forma a garantir, simultaneamente, o pleno aproveitamento do potencial daquela tecnologia, a manutenção de uma imprensa que serve o interesse público e o empoderamento dos cidadãos.


Objetivos específicos

Conferência de Alto Nível da Presidência procurará obter um melhor entendimento sobre:

1. A adoção e a utilização das tecnologias baseadas em IA no ecossistema mediático, as novas tendências e as novas tecnologias a médio e a longo prazo.

2. O impacto da adoção das tecnologias baseadas em IA no jornalismo, a nível estrutural, a nível de ética e deontológica, na relação dos jornalistas com os utilizadores/cidadãos, as competências e modelos de negócio, bem como o impacto nos direitos fundamentais e na democracia.

3. Oportunidades e riscos na utilização de tecnologias baseadas em IA.

4. Princípios e normas que permitem assegurar os direitos fundamentais, a liberdade de expressão e o pluralismo dos media.

5. Desafios a nível de políticas públicas para o futuro de jornalismo/jornalismo de futuro.

6. Áreas que necessitam de investigação aprofundada.

alternative text

Contexto e objetivo

A existência de imprensa livre, independente dos diversos poderes, designadamente político e económico, plural, economicamente sustentável, bem como pautada por critérios éticos, de rigor, isenção e verdade é condição sine qua non à democracia, ao respeito pelos direitos humanos, à boa governação e a sociedades abertas.

Num contexto histórico em que o fenómeno da desinformação adquiriu especial proeminência, torna-se ainda mais evidente a importância do papel de tal imprensa. Todavia, os desenvolvimentos de mercado e tecnológicos das últimas décadas e a crise pandémica COVID-19 colocaram-na perante um risco de sobrevivência.

A evolução aceleradíssima da designada inteligência artificial, que já permite a produção automatizada de certas peças informativas, agudiza de forma significativa tal circunstância. Ao mesmo tempo, o aumento da velocidade e da capacidade de conetividade, com a esperada 5G, e a multiplicação das plataformas contribuem para a transformação do setor das notícias.

O objetivo desta Conferência de Alto Nível é de sensibilizar para a adoção e o impacto da IA na produção, distribuição e consumo de noticias, e promover uma reflexão sobre o jornalismo do futuro na era digital, procurando identificar as oportunidades e os riscos a médio e longo prazo, e procurando antecipar os desafios para as políticas públicas, ao nível da UE e dos Estados-Membros, de forma a garantir, simultaneamente, o pleno aproveitamento do potencial daquela tecnologia, a manutenção de uma imprensa que serve o interesse público e o empoderamento dos cidadãos.


Objetivos específicos

Conferência de Alto Nível da Presidência procurará obter um melhor entendimento sobre:

1. A adoção e a utilização das tecnologias baseadas em IA no ecossistema mediático, as novas tendências e as novas tecnologias a médio e a longo prazo.

2. O impacto da adoção das tecnologias baseadas em IA no jornalismo, a nível estrutural, a nível de ética e deontológica, na relação dos jornalistas com os utilizadores/cidadãos, as competências e modelos de negócio, bem como o impacto nos direitos fundamentais e na democracia.

3. Oportunidades e riscos na utilização de tecnologias baseadas em IA.

4. Princípios e normas que permitem assegurar os direitos fundamentais, a liberdade de expressão e o pluralismo dos media.

5. Desafios a nível de políticas públicas para o futuro de jornalismo/jornalismo de futuro.

6. Áreas que necessitam de investigação aprofundada.

PROGRAMA

DIA 1: 11 MAIO 2021 | 14:00 - 18:20 (GMT+1)
Mestre de cerimónias: Catarina Carvalho, Jornalista, Fundadora e Diretora “Mensagem de Lisboa”
14:00 - 14:20

Abertura

Nuno Artur Silva, Secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media
Věra Jourová, Vice-Presidente para os Valores e a Transparência, Comissão Europeia
14:20 - 15:50

Sessão 1: Como estão a ser utilizadas as tecnologias baseadas em IA nas redações? Casos práticos e oportunidades

Moderador: Charlie Beckett, Diretor da Polis, London School of Economics e do projeto de investigação jornalismo e IA

Emilia Díaz-Struck, Investigadora edição e coordenadora América Latina, International Consortium of Investigative Journalists
Francesco Marconi, Jornalista Computacional e CEO Applied XL – Autor do livro "Newsmakers: Artificial Intelligence and the Future of Journalism"
Jarno M. Koponen, Diretor de IA & Personalização AI, Yle News Lab
Kati Bremme, Gestora Executiva de Produtos de inovação, France TV
Wilfried Runde, Diretor de Projetos de Investigação e Cooperação, Deutsche Welle

Pretende-se obter uma perspetiva das tecnologias baseadas em IA disponíveis e como estão a ser utilizadas a vários níveis e pelos vários tipos de media.

15:50 - 16:20
Pausa
16:20 - 18h20

Sessão 2: A IA e o jornalismo: Natureza, papel, competências e modelos de negócio

Moderadora: Catarina Carvalho, Jornalista, Fundadora e Diretora “Mensagem de Lisboa”

Anita Zielina, Directora de Iniciativas Estratégicas da Craig Newmark Graduate School of Journalism, City University of New York
Eric Nahon, Presidente da European Journalism Training Association
Natali Helberger, Professora de Direito e Tecnologia Digital, Universidade de Amesterdão
Rasmus Kleis Nielsen, Director da Reuters Institute for the Study of Journalism
Michele Woods, Diretora, Divisão Copyright Law, OMPI
Vincent Peyrègne CEO, WAN-IFRA - The World Association of News Publishers

Pretende-se suscitar a discussão sobre o impacto das tecnologias baseadas em IA no papel de jornalista e como essas tecnologias desafiam os fundamentos da profissão e os modelos de negócio.

Interpretação em LGP e GI.
DIA 2: 12 MAIO 2021 | 09:00 - 16:20 (GMT+1)
09:00 - 10:30

Sessão 3: IA e o serviço público de media

Moderador: Alexandre Brito, Jornalista, RTP

Damian Tambini, Professor Associado, London School of Economics
Guy Berger, Director de Estratégias e Políticas nas áreas da Comunicação e Informação, UNESCO
Liz Corbin, Diretor Adjunta Media e Diretora de Informação, European Broadcasting Union
Luísa Meireles, Diretora de Informação, LUSA
Rebecca Skippage, Editora de Notícias e Desinformação, BBC News

O debate deverá focar-se nos desafios e impacto das tecnologias baseadas em IA nos media de serviço público e respetivos operadores.

10:30 - 11:00
Pausa
11:00 - 12:30

Sessão 4: IA, Desinformação, Pluralismo e Democracia

Moderador: Paulo Pena, Jornalista, Investigate Europe

Antony Cousins, CEO Factmata
Christophe Deloire, Secretário Geral, Reporters Without Borders e Presidente, Information and Democracy Forum
Patrick Penninckx, Diretor do Departamento da Sociedade da Informação, Conselho da Europa
Rui Tavares, Historiador, Professor, ex- Membro do Parlamento Europeu e fundador do Livre
Jürgen Heissel, Diretor do Gabinete da Representante para a Liberdade dos Media, OSCE

A discussão irá focar-se sobre como as tecnologias baseadas em IA estão a ser utilizadas para promover, prevenir e denunciar a desinformação, bem como debater os efeitos negativos no pluralismo dos media, a liberdade de expressão e na democracia.

12:30 - 13:00
Pausa
13:00 - 14:30

Sessão 5: Desafios para as políticas públicas para o futuro do jornalismo/jornalismo do futuro

Moderador: Christophe Leclercq, Fundador da EURACTIV Media Network e Presidente da Europe’s MediaLab

José Magalhães, Deputado, Membro da Comissão Cultura e Comunicação, Assembleia da República
Mogens Blicher Bjerregård, Presidente da European Federation of Journalists
Nuno Artur Silva, Secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media
Sabine Verheyen, Presidente da Comissão Cultura e Educação, Parlamento Europeu
Věra Jourová, Vice-Presidente para os Valores e a Transparência, Comissão Europeia

Decisores políticos de alto nível abordarão o tema de como as políticas públicas podem potenciar as oportunidades e endereçar os riscos das tecnologias baseadas em IA nos media noticiosos, bem como os desafios para o futuro do jornalismo e para o jornalismo do futuro.

14:30 - 15:00

Wrap-Up /Conclusões da Conferência

Gustavo Cardoso, Diretor, OberCom

15:00 - 15:20

Encerramento

Ana Paula Zacarias, Secretária de Estado dos Assuntos Europeus
Graça Fonseca, Ministra da Cultura

Interpretação em LGP e GI.

ORADORES

Alexandre Brito

Jornalista, RTP

Ana Paula Zacarias

Secretária de Estado dos Assuntos Europeus

Anita Zielina

Directora de Iniciativas Estratégicas da Craig Newmark Graduate School of Journalism, City University of New York

Antony Cousins

CEO Factmata

Catarina Carvalho

Jornalista, Fundadora e Diretora “Mensagem de Lisboa”

Charlie Beckett

Diretor da Polis, London School of Economics e do projeto de investigação jornalismo e IA

Christophe Deloire

Secretário Geral, Reporters Without Borders e Presidente, Information and Democracy Forum

Christophe Leclercq

Fundador da EURACTIV Media Network e Presidente da Europe’s MediaLab

Damian Tambini

Professor Associado, London School of Economics

Emilia Díaz-Struck

Investigadora edição e coordenadora América Latina, International Consortium of Investigative Journalists

Eric Nahon

Presidente da European Journalism Training Association

Francesco Marconi

Jornalista Computacional e CEO Applied XL – Autor do livro" Newsmakers: Artificial Intelligence and the Future of Journalism"

Graça Fonseca

Ministra da Cultura

Gustavo Cardoso

Diretor, OberCom

Guy Berger

Director de Estratégias e Políticas nas áreas da Comunicação e Informação, UNESCO 

Jarno M. Koponen

Diretor de IA & Personalização AI, Yle News Lab

José Magalhães

Deputado, Membro da Comissão Cultura e Comunicação, Assembleia da República

Jürgen Heissel

Diretor do Gabinete da Representante para a Liberdade dos Media, OSCE

Kati Bremme

Gestora Executiva de Produtos de inovação, France TV

Liz Corbin

Diretor Adjunta Media e Diretora de Informação, European Broadcasting Union

Luísa Meireles

Diretora de Informação, LUSA

Michele Woods

Diretora, Divisão Copyright Law, OMPI

Mogens Blicher Bjerregård

Presidente da European Federation of Journalists

Natali Helberger

Professora de Direito e Tecnologia Digital, Universidade de Amesterdão

Nuno Artur Silva

Secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media

Patrick Penninckx

Diretor do Departamento da Sociedade da Informação, Conselho da Europa

Paulo Pena

Jornalista, Investigate Europe

Rasmus Kleis Nielsen

Director da Reuters Institute for the Study of Journalism 

Rebecca Skippage

Editora de Notícias e Desinformação, BBC News

Rui Tavares

Historiador, Professor, ex- Membro do Parlamento Europeu e fundador do Livre

Sabine Verheyen

Presidente da Comissão Cultura e Educação, Parlamento Europeu

Věra Jourová

Vice-Presidente para os Valores e a Transparência, Comissão Europeia

Vincent Peyrègne

CEO, WAN-IFRA - The World Association of News Publishers

Wilfried Runde

Diretor de Projetos de Investigação e Cooperação, Deutsche Welle

Para qualquer informação adicional, contacte:

infoconferenceaijournalism@leading.pt